Notícia

19 de Fevereiro, 2016

Papa aos jesuítas mexicanos: trabalhai pela dignidade de quem sofre

Papa Francisco aproveitou a ocasião da visita privada de seis jesuítas à Nunciatura da Cidade do México para enviar uma breve mensagem à Companhia de Jesus do País

A Companhia de Jesus no México publicou um breve vídeo-mensagem do Papa Francisco dirigida aos jesuítas mexicanos. O Pontífice pede aos seus confrades para trabalharem incansavelmente pela dignidade das pessoas, especialmente por aqueles que sofrem. Em seguida sublinha a importância da juventude mexicana e do seu património espiritual.

 "Uma saudação fraterna". O Papa Francisco aproveitou a ocasião da visita privada de seis jesuítas à Nunciatura da Cidade do México - no início da viagem apostólica - para enviar uma breve mensagem à Companhia de Jesus do País. Um vídeo que foi publicado esta quinta-feira no canal YouTube Vocaciones Jesuitas do México:

"Continuai a trabalhar pela dignidade, a dignidade de Jesus que está em cada homem e mulher do México", é a exortação dirigida por Francisco aos seus confrades. "O México - revela - tem um rosto jovem".  E ainda exorta os jesuítas mexicanos  a "continuarem a trabalhar por esta dignidade de Jesus", para que "não termine negociada na Cruz, de modo a viverem melhor aqueles que o crucificam”.

"O México sofre – constata com profundo pesar – mas  o México é grande, tem coisas belíssimas, tem uma riqueza impressionante, uma história original, quase única na América Latina".  É esta, para Francisco, a força inestimável dos mexicanos. Francisco assegura finalmente as suas orações e pede aos jesuítas para trabalharem pela causa do Beato mártir Miguel Augustin Pro, jesuíta de Guadalupe. Mesmo por ocasião do breve encontro, os jesuítas mexicanos haviam doado ao Papa as relíquias do mártir morto em 1927 durante as perseguições anticatólicas perpetradas pelo regime anticlerical de Plutarco Elías Calles.


Fonte: News.va